Por favor aguarde...


Caso leve mais de 30segundos recarregue a página

DR #115 – A dinâmica da pandemia da COVID-19 em Moçambique

Autores:Roberto J. Tibana
Desde Janeiro de 2021 que se tem verificado um agravamento da situação pandémica em Moçambique, com inúmeros recordes de infecções detectadas nos testes que o país tem conseguido realizar, bem como de aumento dos internamentos e mortes considerados como devidos à COVID-19.

Este agravamento da epidemia em Moçambique tem sido associado a dois fenómenos: 1) o relaxamento das medidas de prevenção, anunciado pelo Governo no dia 17 de Dezembro de 2020; e 2) a penetração da estirpe sul-africana do vírus, considerada mais infecciosa e letal, e que, de acordo com informações do Ministério da Saúde, terá entrado no país em Novembro de 2020.

Os elementos gráficos que aqui se apresentam visam documentar a dinâmica da pandemia desde que o primeiro caso foi detectado e declarado no país, a 28 Março de 2020, até ao presente momento, nomeadamente 6 de Fevereiro de 2021. Com este exercício pretende-se também fornecer as bases para uma avaliação objectiva da razoabilidade do relaxamento das medidas preventivas decretadas pelo governo no dia 17 de Dezembro de 2020. Em particular, questiona-se se alguma informação acerca da pandemia no país e na África do Sul poderia ter abalizado a decisão de relaxamento. Acredita-se que o exercício possa trazer algumas lições para a gestão da pandemia de ora em diante, em particular sobre o trabalho técnico mais aprofundado que deve fundamentar as recomendações e decisões do Governo.
Data :Fevereiro de 2021

Mês

Fevereiro

Ano

2021