Por favor aguarde...


Caso leve mais de 30segundos recarregue a página

OR #130 Produção Agrícola e Empoderamento de Mulheres em Contextos Rurais: análise do projecto AgriMulheres em três povoados da província de Nampula (2018- 2021)  (English version available).

Autores: Neuza Balane e João Feijó

Resumo:

O presente estudo faz uma análise do impacto de implementação do projecto de intervenção comunitária AgriMulheres, assente no associativismo de mulheres rurais em três distritos da província de Nampula, entre os anos de 2018 e 2021. O estudo tem como objectivo avaliar as transformações socioeconómicas das mulheres associadas ao projecto, a partir de uma abordagem comparativa com base no estudo desenvolvido na primeira fase do projecto, em 2018. Os resultados apresentados não só revelam um aumento da integração nos mercados, expresso através do acesso a crédito, insumos, apoio extensionista e contractação de mão-de-obra, aumento da produção, pluriactividade, rendimentos e possibilidades de consumo de bens duráveis. Registaram-se melhorias ao nível da alfabetização e das condições habitacionais. Não obstante a persistência de elevados níveis de vulnerabilidade socioeconómica, o projecto teve impacto na diminuição da pobreza de consumo e multidimensional e no aumento da diferenciação social entre as associadas. Na esfera familiar assistiu-se a uma maior negociação de papéis, conducente a uma maior participação da mulher na esfera económica (nomeadamente ao nível da venda de produtos e tomada de decisão) e de cooperação masculina nas tarefas domésticas.

Description:

The present study makes an analysis of the impact of implementation of the community intervention project AgriMulheres, based on the associativism of rural women in three districts of Nampula province, between the years 2018 and 2021. The study aims to assess the socioeconomic transformations of women associated with the project, from a comparative approach based on the study developed in the first phase of the project, in 2018. The results show an increase in market integration, expressed through access to credit, inputs, extension support and labour contracting, increased production, pluriactivity, income and possibilities of consumption of durable goods. There have been improvements in literacy and housing conditions. Despite the persistence of high levels of socio-economic vulnerability, the project had an impact on reducing consumer and multidimensional poverty and on increasing social differentiation between the members. In the family circle, there was a greater negotiation of roles, leading to a greater participation of women in the economic sphere (namely at the level of product sales and decision-making) and male cooperation in domestic tasks.

Autor

Author

Mês

Setembro

Ano

2022