Por favor aguarde...


Caso leve mais de 30segundos recarregue a página

OR #59 – Estruturas de mercado e sua influência na formação dos preços dos produtos agrícolas ao longo das suas cadeias de valor.

Autor: Yara Pedro Nova
O texto em questão, aborda sobre as estruturas de mercado em Moçambique e sua influência na formação dos preços dos produtos agrícolas ao longo das suas cadeias de valor. Ao longo da pesquisa, observou-se que estas estruturas variam segundo o tipo de cultura. Para o caso de culturas exportáveis, a situação predominante é a de estruturas imperfeitas (monopsónio e monopólios) onde as empresas concessionárias, ou as grandes plantações, são as únicas entidades compradoras. Para o caso de bens básicos para alimentação (principalmente milho, amendoim e feijões), a comercialização é feita em sistemas mistos (aquisição directa aos produtores ou rede comercial). A análise das estruturas de mercado permite observar em que situação as empresas envolvidas num mercado poderão actuar na formação de preços, ofertando quantidades, na capacidade de consumo dos indivíduos, no tipo de concorrência que ocorre no sector em que actua, bem como na capacidade de negociação entre os agentes económicos dos dois lados do mercado (oferta e procura).

As cadeias de valor poderiam representar um enfoque estratégico para o desenvolvimento mais eficiente e competitivo da agricultura, de modo a reter maior porção do valor agregado nos produtores, para o desenvolvimento rural integrado, de modo a melhorar as condições de vida e de trabalho e reduzir o desemprego, e ainda para reduzir a insegurança alimentar e a pobreza.

O enfoque nas cadeias de valor está a ser implementado activamente como resposta aos problemas de baixo rendimento dos produtores, difícil acesso ao mercado e, mesmo, insegurança alimentar.

Palavras-chave: Estruturas de mercado, preços agrícolas, formação de preços, cadeias de valor.
Data: Janeiro de 2018

Mês

Janeiro

Ano

2018