OR #43 – Motivações Migratórias Rural-Urbanas e Perspectivas de Regresso ao Campo

Autor: João Feijó, Aleia Rachide Agy,Momade Ibraimo
O ritmo migratório rural-urbano é frequentemente superior à taxa de crescimento natural da população citadina, em resultado da procura de oportunidades de emprego por parte das populações rurais, o que reflecte (e cria novas) pressões sociais e económicas.
Ao longo deste texto procura-se compreender os factores que levam as populações de origem rural a migrar para a cidade de Maputo, assim como compreender as dinâmicas de relacionamento das mesmas, uma vez na cidade, com o seu universo de origem. Finalmente, pretende-se aferir as expectativas de regresso das populações migrantes, considerando as representações sociais que constroem sobre os contextos de proveniência. O texto procura demonstrar como as políticas de desenvolvimento são geradoras de uma economia dual, afectando os movimentos migratórios e as dinâmicas demográficas e de urbanização, assim como a natureza do emprego e os processos de actividade e de acumulação económica.
Data: Agosto de 2016

Mês

Agosto

Ano

2016