OR #16 – Mercantilização do Gado Bovino no Distrito de Chicualacuala

Autor: António Manuel Junior
A pecuária é uma das actividades mais importantes nas zonas rurais do sul de Moçambique, tendo como base o saber transmitido entre gerações. Vários estudos indicam que a maioria da população não cria os animais com fins comerciais, mas como sinónimo de poder, prestígio social, reserva de valor e só vendem para suprir as necessidades de emergência. Assim, o presente trabalho procurou analisar o grau de integração do gado bovino por parte das populações do distrito de Chicualacuala, bem como compreender os objectivos da sua criação, principalmente acerca da lógica produtiva desta actividade.

Por outro lado, para além de compreender os problemas prementes relacionados com a criação do gado bovino, esta pesquisa visa criar evidências que sugiram opções para que esta actividade contribua de forma mais importante para o rendimento dos criadores e para o abastecimento do mercado. O trabalho contém informações primárias resultantes da pesquisa de campo realizada nos agregados familiares do distrito de Chicualacuala.

A escolha deste local, deveu-se ao facto de possuir uma grande concentração de gado bovino, e esta actividade ser um dos principais meios de subsistência destes agregados. As variáveis consideradas na análise estatística são: sexo, escolaridade e idade do chefe de família; comercialização e percentagem de extracção da manada; motivos da extracção (cerimónias, doenças, viagens, escolas, construção da habitação e outras); alocação das receitas da venda de animais; outras utilizações do gado bovino (tracção animal, produção de leite, utilização de estrume); distâncias da residência ao curral, tanques carracicidas, postos de vacinação e locais de venda; constragimentos na comercialização; doenças no último ano; extensão rural, quantificação dos roubos; tipo de curral.
Data: Maio de 2014

Mês

Maio

Ano

2014