Recurso do FMO acolhido pelo Tribunal Superior da África do Sul