OR #121 – Ingredientes para uma revolta de jovens – Pobreza, sociedade de consumo e expectativas frustradas (English version available)

OR #121 – Ingredientes para uma revolta de jovens – Pobreza, sociedade de consumo e expectativas frustradas (English version available)


Descrição

  • 24 Fevereiro 2022

Este texto descreve as dificuldades de integração socioeconómica da juventude moçambicana, em geral, e do Nordeste de Cabo Delgado, em específico, explicando que a respectiva vulnerabilidade no acesso a serviços públicos de qualidade a coloca numa situação de desvantagem competitiva perante quadros oriundos de fora da região, num contexto de penetração agressiva do capital. Numa altura em que é expectável o regresso de milhares de deslocados aos seus locais de origem importa conferir particular importância ao investimento em serviços públicos para jovens, relacionados com educação e saúde, e apoio à criação de negócios, mas também institucionalização de espaços de participação social. A estabilização do Norte do país em termos de segurança encontra-se fortemente condicionada pela capacidade de criação de mecanismos de inclusão socioeconómica dos cidadãos, particularmente dos mais novos.

 

Description

This text describes the difficulties of socio-economic integration of Mozambican youth, in general, and the Northeast of Cabo Delgado explaining that their vulnerability in access to quality public services puts it in a situation of competitive disadvantage in relation to qualified people coming from outside the region, in a context of aggressive penetration of capital. At a time when thousands of displaced people are expected to return to their places of origin, it is important to attach particular importance to investment in public services for young people, related to education and health, and support for the creation of businesses, but also institutionalization of spaces for social participation. The stabilisation of the north of the country in terms of security is strongly conditioned by the ability to create mechanisms for the socio-economic inclusion of citizens, particularly the younger ones.