OR #113 – Pobreza e Desigualdades em Moçambique: Um estudo de caso em seis distritos

OR #113 – Pobreza e Desigualdades em Moçambique: Um estudo de caso em seis distritos


Descrição

  • 18 Maio 2021

O objectivo principal deste estudo empírico é analisar a pobreza e as desigualdades regionais em Moçambique, focando-se na análise dos rendimentos e consumos das famílias, da pobreza multidimensional, posse de gado e instrumentos de trabalho, em seis distritos, localizados no Sul (Manjacaze e Zavala), no Centro (Marara e Angónia) e no Norte (Monapo e Nacarôa).

Os resultados do estudo sugerem que, nas zonas rurais, o fenómeno da pobreza é generalizado. Somente um pequeno grupo de famílias obtém rendimentos e consumos acima da linha de pobreza internacional de 1,9 USD/dia (correspondente a 1.274,50 meticais/mês – convertidos ao câmbio de paridade de poder de compra), sendo quase metade do orçamento canalizado para a aquisição de bens alimentares e bebidas não alcoólicas, em prejuízo do investimento em actividades económicas ou na educação. Constata-se um reduzido acesso a tecnologias agrícolas, praticamente limitadas à utilização de enxadas.

Em termos da pobreza multidimensional, os dados revelam que nos seis distritos as populações apresentam privações em quase todos indicadores, nomeadamente, no acesso a água e saneamento, electricidade, saúde, educação, condições habitacionais e posse de bens duráveis.