DR #95 – SUSTENTA: Uma nova luta de libertação da pobreza?

DR #95 – SUSTENTA: Uma nova luta de libertação da pobreza?


Descrição

  • 3 Agosto 2020

Este texto tem dois objectivos: (1) analisar o discurso do Presidente da República em Tete, no dia 30 de Julho de 2020 à luz dos enunciados do Programa; (2) comparar o SUSTENTA com o ProSAVANA quanto à concepção de desenvolvimento (política agrária subjacente), formas de actuação do capital, tipo de modernização dos sistemas de produção, entre outros aspectos.

O SUSTENTA é um programa que pretende ser central na estratégia de desenvolvimento agrário e, portanto, necessariamente de longa duração, com uma concepção endógena e integrada de desenvolvimento (dos sistemas de produção e entre sectores económicos e sociais) centrado na produção que aumente a renda dos produtores como forma de redução/eliminação da pobreza e da subnutrição (importância da produção de bens alimentares), com tecnificação gradual e integração dos camponeses no mercado e nas cadeias de valor, assente em linhas de crédito direcionadas e com juro bonificado, e na transmissão de conhecimento e práticas através de agentes locais promotores do desenvolvimento.

O SUSTENTA implica reformas importantes nas políticas públicas, na concepção de desenvolvimento da economia no seu conjunto. Isto é o sucesso do Sustenta depende da capacidade reformista do Estado, do tecido produtivo e dos mercados. Uma nova luta de libertação da pobreza. E, … os riscos de desvirtuamento do modelo/estratégia e os défices de transparência são grandes e reais.

O SUSTENTA deve ter um perspectiva de décadas, não somente para a eliminação da pobreza, como para assegurar a transformação estrutural da economia.