DR #64 – O processo de insurgência armada em Cabo Delgado

DR #64 – O processo de insurgência armada em Cabo Delgado


Descrição

  • 19 Junho 2019

No primeiro Destaque Rural foi realizada uma contextualização socio-económica de Cabo Delgado, num cenário de penetração de grandes projectos extractivos. A província foi afectada por uma grande euforia em torno da exploração de recursos naturais, pela migração populacional e aumento da pressão sobre recursos naturais, particularmente terras e alimentos, traduzindo-se num aumento dos preços. O aumento das expectativas sociais não se traduziu na diminuição de fenómenos de pobreza, assistindo-se a um crescimento das assimetrias e tensões sociais.

Neste Destaque Rural aborda-se o fenómeno de insurgência armada em Cabo Delgado, compreendendo-o na sua dimensão regional. Demonstra-se que a emergência de violência radical teve início em países da África Oriental, em contextos socio-económicos específicos e semelhantes aos verificados no litoral de Cabo Delgado. A reacção violenta e arbitrária das forças de segurança na Somália, Quénia e Tanzânia provocou não só ressentimentos entre populações locais da costa, maioritariamente islâmicas, como despoletou a fuga de líderes radicais e alastramento do fenómeno por outros países da região. No texto procura-se demonstrar que a insurgência de violência armada em Cabo Delgado constituiu, na verdade, um fenómeno expectatável. A partir dos registos noticiosos procura-se descrever continuidades e transformações nos ataques na província.

Anexos