DR #105 – Integração socioeconómica dos deslocados internos em Cabo Delgado – Um desafio nacional

DR #105 – Integração socioeconómica dos deslocados internos em Cabo Delgado – Um desafio nacional


Descrição

  • 4 Novembro 2020

A partir de Fevereiro de 2020, com a intensificação das acções militares no Nordeste de Cabo Delgado, vem-se assistido à deslocação massiva de indivíduos para zonas mais seguras, sobretudo para Sul ou para o distrito de Mueda. As famílias deslocadas procuram fundamentalmente segurança e ajuda alimentar. Outros deslocam-se para a província de Nampula (particularmente em Rapale, Namialo) e Niassa (cidades de Lichinga e Cuamba), havendo registos de famílias deslocadas na Zambézia e na vizinha Tanzânia.

Depois de se realizar uma análise geral das condições de assentamento populacional das famílias deslocadas (em termos de apoio humanitário e de relacionamento com as populações locais), este Destaque Rural procura reflectir sobre a relação entre estes movimentos populacionais e as dinâmicas estratégicas do conflito militar. Num segundo momento, pretende-se apresentar os principais desafios que se colocam às autoridades, em termos de reassentamento das populações, e algumas sugestões conducentes à integração socioeconómica dos deslocados e de atenuação do conflito.