COVID-19 e actividades veterinárias essenciais