OR # 68 – Médios produtores comerciais no corredor da beira: Dimensão do fenómeno e caracterização social

OR # 68 – Médios produtores comerciais no corredor da beira: Dimensão do fenómeno e caracterização social


Descrição

  • 7 Novembro 2018

Em Moçambique, ao longo dos últimos anos, assistiu-se a um aumento do interesse pelo agro-negócio. No centro do país, ao longo do corredor da Beira, foram propalados grandes investimentos em sectores como o açúcar, hortícolas, pecuária ou biofuels, entre outros. Por outro lado foram criados vários serviços de apoio à agricultura, como parques de máquinas,
silos ou regadios. Com a reabilitação de infra-estruturas de transporte e com a exploração de minérios na província de Tete esperava-se um crescimento de investidores e dos mercados.

Ao longo do texto, pretende-se analisar até que ponto é que estes amplos investimentos se traduziram em alterações estruturais no corredor da Beira e até que ponto proporcionaram uma emergência significativa de médios produtores comerciais na região. Depois de se analisarem as dinâmicas do agro-negócio no corredor da Beira pretende-se, num segundo momento,
realizar uma caracterização sócio-económica dos médios produtores agrícolas ao longo do corredor, não só em termos demográficos, mas também ao nível das estratégias de produção, dificuldades enfrentadas e estratégias de superação.

A presente investigação apresenta, essencialmente, dois objectivos. Em primeiro lugar pretende-se analisar a dimensão do fenómeno de emergência de médios produtores comerciais ao longo do corredor da Beira, procurando aferir o que representam no universo dos produtores existentes na região. Finalmente, procura-se identificar os factores sócio-políticos que explicam a emergência desses produtores.