DR #39 – Investimento Público na Agricultura – O caso dos regadios no Corredor da Beira (Vanduzi, Sussundenga, Nhamatanda e Búzi)

DR #39 – Investimento Público na Agricultura – O caso dos regadios no Corredor da Beira (Vanduzi, Sussundenga, Nhamatanda e Búzi)


Descrição

  • 23 Julho 2018

A Estratégia de implementação de projectos de irrigação constitui parte integrante do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Sector Agrário (PEDSA), que visa contribuir para o aumento da produção e produtividade agrária, para a criação de emprego e do rendimento nas zonas urbanas e peri-urbanas, através do uso e aproveitamento sustentável dos recursos hídricos.

A operacionalização desta estratégia efectuou-se a partir de múltiplos projectos, entre eles o Projecto de Desenvolvimento de Irrigação Sustentável (PROIRRI), aprovado e implementado a partir de 2011. O PROIRRI prevê a construção ou reabilitação de sistemas de irrigação nas províncias de Manica, Sofala e Zambézia e o fornecimento de serviços agrários (extensão, fornecimento de sementes, fertilizantes, etc.), com gestão baseada nos produtores.

O objectivo central do PRORRI é o aumento da produtividade no perímetro dos sistemas de irrigação, assim como o aumento das quantidades médias comercializadas.

A partir da observação no terreno, da realização de entrevistas e da aplicação de inquéritos por questionário, ao longo do estudo verificaram-se importantes alterações nas técnicas de produção (maior utilização de insumos químicos, mais sementes melhoradas, o uso de tractores, acesso aos serviços de extensão e redução da limpeza das áreas com fogo, da tracção animal e da enxada de cabo curto).

No entanto, prevalecem dificuldades dos pequenos produtores no acesso ao crédito, serviços de mecanização e acesso aos insumos agrícolas (devido aos custos elevados entre outros), informação dos preços de mercado, instalações (armazéns, escritórios, entre outras), não tem permitido que os regadios tenham o efeito desejado sobre a produção e o rendimento.

Anexos