Aleia Agy

Investigadora Assistente

Mestre em Gestão de Empresas pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) em 2012.
Áreas de interesse profissional: estudos de género, desenvolvimento agrário e rural, gestão de pessoas.


Experiência Profissional

2014 até agora

Investigadora Assistente no Observatório do Meio Rural (OMR)

2008 a 2013

Universidade Politécnica de Maputo – Moçambique, com funções de coordenadora para a área de imprensa (2008); assistente técnica (2009); responsável pela cultura (2010-2011); secretária executiva (2013); oficial de projectos (2013).

Projectos de Investigação em que participou (últimos 3 anos)

Pobreza e desenvolvimento do meio rural em Moçambique.

Investigadora Assistente no Observatório do Meio Rural (2017-2019).

Desigualdades de género em contextos rurais em Moçambique: estudos de caso em localidades na província de Nampula.

Investigadora Assistente no Observatório do Meio Rural (2017).

Êxodo rural e ligações com o campo - uma análise de populações de origem camponesas residentes na cidade de Quelimane, Maputo, Tete, Nacala-Porto e Pemba.

Investigadora Assistente no Observatório do Meio Rural (2016).

Êxodo rural e ligações com o campo – uma análise de populações de origem camponesas residentes na cidade de Maputo.

Investigadora Assistente no Observatório do Meio Rural (2015).

Publicações (últimos 3 anos)

Capítulos de Livros

Feijó, J. & Agy, A. (2015). “Dinâmicas da economia camponesa em zonas de implementação de grandes projectos” in João Mosca (org.) Sector Familiar e Desenvolvimento em Moçambique. Maputo: Observatório o Meio Rural, pp. 191-239.

Feijó, J. & Agy, A. (2015). “Processos migratórios, trabalho agrícola e integração nos mercados – efeitos da implementação de grandes projectos sobre comunidades camponesas” in Luís de Brito, Carlos Castel-Branco, Sérgio Chichava, Salvador Forquilha e António Francisco (Org.) Desafios para Moçambique 2015. Maputo: IESE, pp. 273-310.

AGY Aleia, IBRAIMO, Momade (2017). “Factores de Migração Rural-Urbana no Sul de Moçambique: Uma Análise de localidades nos Distritos de Manjacaze e Zavala” in João Feijó (Coord.) Movimentos migratórios e relações rural-urbanas: estudos de caso em Moçambique. Maputo: Alcance Editores. Pp. 99-116.

FEIJÓ, João, AGY, Aleia, (2017). “Havemos de voltar? Representações do mundo rural e expectativas de regresso ao campo” in João Feijó e Inês Raimundo (Coord.) Movimentos migratórios para áreas de concentração de grandes projectos. Maputo: Alcance Editores. Pp. 113-141.

Artigo de Revista

FEIJÓ, João; AGY, Aleia (2015). “Dynamic integration of rural origin migrants in the city of Maputo – a spatial and gender comparative analysis” in Buwa! A journal of Afican Women’s experiences, nº 6, Pp.95-105.

Documentos de Trabalho

Feijó, J. & Agy, A. (2015). Do modo de vida camponês à pluriactividade – impacto do assalariamento urbano na economia familiar rural. Observador rural Nº 30. Maputo: Observatório do Meio Rural.

FEIJÓ, João, AGY Aleia, IBRAIMO, Momade (2016). “Motivações migratórias rural-urbanas e perspectivas de regresso ao campo – uma análise do desenvolvimento rural em moçambique a partir de Maputo" in Observador rural, nº. 43. Maputo: Observatório do Meio Rural. Pp. 1-42.

AGY, Aleia (2017). Género e relações de poder na região Sul de Moçambique – Uma análise sobre a localidade de Mucotuene na província de Gaza in Observador Rural Nº50. Maputo: Observatório do Meio Rural.