Deflação dos preços alimentares em 2018?